Categoria "Maquina de Recarga"

Aumente as venda na sua loja e coloque hoje mesmo uma maquina de recarga de celular, venda créditos de celular para seus clientes

Ponto de venda – 4 erros que você não deve cometer no seu ponto de venda em 2017

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Ponto de venda – 4 erros que você não deve cometer no seu ponto de venda em 2017

Ponto de venda  – A crise que assolou o país nos últimos anos parece ter perdido força em 2017. Muitos analistas e especialistas financeiros afirmam que o Brasil vai apresentar sinais de melhora no segundo semestre deste ano. Obviamente, essa notícia alegra e motiva todos os lojistas e comerciantes que, nos últimos tempos, batalharam e lutaram para manter seus negócios ativos no mercado.

Porém, esse novo cenário brasileiro ainda carece de bastante cuidado por parte dos empreendedores. Ainda é cedo para grandes investimentos e ninguém peca ao agir com cautela.

Por isso, para ajudá-lo, separamos neste post 4 erros no ponto de venda que você não deve cometer em 2017! Confira!

1. Não ter uma poupança

Um dos maiores erros que qualquer empresário ou comerciante pode cometer é acreditar que a crise passou e que o negócio não possui mais riscos. Esse nunca pode ser o pensamento de um empreendedor. Afinal, a economia pode variar bastante e possivelmente a demanda por produtos ainda deve oscilar.

Por isso, é fundamental que toda loja tenha uma poupança para casos de emergência. É muito difícil prever o dia de amanhã, portanto é melhor estar sempre pronto para o pior dos cenários.

A melhor dica para manter uma poupança para o ponto de venda é criar o hábito e tirar mensalmente uma quantia para esse fim, garantindo que a loja sempre tenha uma margem para eventuais emergências.

consulta spc

consulta spc

2. Não definir metas

Os objetivos de um negócio são os grandes responsáveis por mostrar o rumo a ser seguido. Deixar de estipular metas para o seu ponto de venda pode prejudicar bastante o crescimento do seu negócio.

Por isso, é essencial que os lojistas estudem o seu ponto de venda, façam um levantamento das vendas e do faturamento do negócio e, posteriormente, determinem quais são os objetivos para esse novo ano. As metas, além de nortearem o ponto de venda, são uma excelente forma de manter a equipe motivada e em busca dos melhores resultados.

3. Deixar de ouvir a opinião dos clientes

Os responsáveis pelos lucros do seu ponto de venda são os clientes. Para manter um bom faturamento é preciso atender as expectativas dos consumidores. Portando, não deixe de ouvir a opinião de cada um dos clientes.

Pedir feedback para os consumidores é uma ótima forma de manter o seu negócio em aperfeiçoamento e garantir que as necessidades dos clientes sejam atendidas. Algumas dicas para pedir a opinião são: formulários para preenchimento após o atendimento, envio de questionários por e-mail, pontos para os clientes darem sugestão pessoalmente, entre outros.

O mais importante é não deixar de perguntar o que eles acham da loja e o que gostariam que mudasse. Isso ajudará seu negócio a crescer em 2017 e bater todas as metas.

 

4. Não vender produtos que atraiam os clientes

Por último, não cometa o erro de deixar de vender itens que possuam alta procura no mercado. Produtos que atraiam as pessoas, além de divulgar melhor o seu negócio, ajudam também a fidelizar os clientes.

Sendo assim, não deixe de oferecer serviços especias, recarga de celular e produtos que estejam nada moda. Tudo isso pode aumentar a receita e ainda passar uma imagem melhor da loja aos clientes.

Aprendeu quais são os erros no ponto de venda que não podem ser cometidos em 2017? Agora não deixe de compartilhar nas redes sociais ajude também seus amigos lojistas a garantirem os lucros nesse novo ano!

recarga celular

recarga celular

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Cheque sem fundo CCF: saiba como identificar um cheque sem fundo

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Cheque sem fundo CCF: saiba como identificar um cheque sem fundo

Cheque sem Fundo – Saber identificar um cheque sem fundo é essencial para evitar golpes e prejuízos em seu comércio. Muita gente ainda utiliza essa forma de pagamento. Por isso, é importante conhecer o Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF), uma ferramenta do Banco Central que permite checar se um cheque tem fundo ou não, em poucos segundos.

Assim como o cadastro no SPC e Serasa, estar com registro no CCF também significa ter o nome sujo. No ano de 2015, o Brasil bateu o recorde de cheques sem fundos. De todos os cheques compensados no ano, 2,25% foram devolvidos. Esse número não foi atingido desde o ano de 1991!

Antes de compensar um cheque, é possível saber se o pagamento tem cobertura ou não. Quer descobrir como? Confira a seguir:

consulta spc

consulta spc

O que é o CCF?

Antes de explicar o que é o CCF, devemos explicar o que ocorre quando há problemas na compensação de um cheque. Ao apresentá-lo ao banco, é informado o motivo pelo qual o pagamento não se consuma.

Esse motivo, identificado por um número específico, fica registrado no próprio documento e, em alguns casos, gera automaticamente, o registro da devolução no CCF.

O CCF é um banco de dados composto pelo nome de todas as pessoas e empresas que emitiram cheques que não puderam ser compensados por um dos registros abaixo:

  • motivo 12: quando o mesmo cheque é devolvido por falta de fundos duas vezes;
  • motivo 13: quando o cheque é oriundo de uma conta já encerrada;
  • motivo 14: quando o banco tenha assumido com o cliente o Compromisso de Pronto Acolhimento — que é pagar o cheque mesmo que não tenha fundos —, mas há registro de que o correntista aparentemente tenha agido de má fé a respeito desse acordo.

No site do Banco Central, é possível ver todos os motivos para a devolução de um cheque.

Qualquer pessoa pode acessar as informações do CCF para saber se o seu nome consta ou não no cadastro. Para quem é comerciante, essa é uma alternativa para saber se um pagamento recebido tem fundo para ser descontado. Contudo, é preciso conhecer a ferramenta para realizar a consulta de forma simples e rápida.

Como identificar um cheque sem fundos?

Atualmente, há duas maneiras de saber se um cheque tem fundos no banco de dados da CCF. São elas:

Consulta presencial

A consulta presencial é muito simples de ser realizada. O titular da conta corrente deve ir até o banco em que é correntista, instituição financeira ou qualquer unidade do Banco Central e solicitar a pesquisa.

Para isso, é necessário apresentar o nome completo, número da conta e o CPF. Esse procedimento é gratuito e, portanto, não há cobrança de nenhuma taxa.

recarga celular

recarga celular

Consulta por carta

Outra maneira de realizar uma consulta nos bancos de dados da CCF é por meio de carta. O interessado deve enviar uma carta endereçada ao Banco Central, com os seguintes itens anexados, de acordo com o tipo de titular da conta:

  • para pessoa física, cópia autenticada do RG e do CPF do solicitante;
  • para pessoa jurídica, cópias do CPF e RG do solicitante e uma cópia autenticada da certidão simplificada emitida pela Junta Comercial há, no máximo, 30 dias. Também é preciso anexar uma cópia do contrato social da empresa.

Agora que você aprendeu a consultar os dados do CCF, será mais fácil identificar um cheque sem fundos. Porém, há uma série de sinais e características que podem ser observados. Um deles é verificar o histórico de compra do emissor. É possível também consultar o SPC para saber se o nome daquele cliente consta no serviço de proteção ao crédito.

E você, já recebeu um pagamento assim? O que você fez? Deixe um comentário e compartilhe sua experiência!

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Fazer consulta de CPF e CNPJ: 6 motivos para fazer consulta de CPF e CNPJ

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Fazer consulta de CPF e CNPJ: 6 motivos para fazer consulta de CPF e CNPJ

Fazer consulta de CPF e CNPJ – Em um período tão crítico como o que vivemos agora, tudo que ninguém precisa é ser vítima de um golpe ou fechar negócio com uma empresa à beira da falência, não é? Mas você sabia que existem medidas para se preservar desse tipo de desgaste?

Uma boa alternativa é fazer consulta de CPF e de CNPJ antes de fechar qualquer negócio, por exemplo. A atitude pode parecer um pouco burocrática no primeiro momento, mas pode ajudar bastante.

Descubra agora 6 motivos para adotar esse hábito!

1. Período de crise

Em tempos de crise, é muito comum que algumas empresas vivenciem momentos difíceis e muitas delas chegam até a decretar falência. Infelizmente, estamos passando por um desses momentos. Pesquisas recentes mostram que a inadimplência das empresas têm aumentado.

Esse é um dos motivos que uma checagem no CNPJ pode ajudar bastante. Assim, você fica sabendo de forma exata qual a situação real da empresa com quem você está negociando.

No caso da pessoa física, a realidade não é muito diferente. Várias passam dificuldades, não cumprindo os compromissos firmados. O próximo compromisso que ela vai fazer, sem ter condições de honrar, pode ser com você.

Nesse caso, uma olhada na situação do CPF também pode te livrar de muita dor de cabeça. Nós inclusive já tratamos sobre a importância das consultas cadastrais aqui, lembra?

Fazer consulta de CPF e CNPJ

Fazer consulta de CPF e CNPJ

2. Planejamento financeiro eficiente

Quando os seus clientes, fornecedores ou empresas com quem você negocia têm um bom histórico, é muito mais fácil desenvolver um planejamento financeiro. Afinal, você tem menos chance de levar um tombo e a sua planilha de gastos pode ser mais confiável e realista.

Imagine, por exemplo, que você elabora todo um planejamento para os próximos meses, com contas para pagar, investimentos para fazer, e de repente você precisa interromper seus planos para tapar buracos deixados pela inadimplência de alguém. Um dinheiro que deixa de entrar, é um dinheiro a mais que você tem que gastar no futuro! Por que correr esse risco se você pode evitar?

Mantenha a sua empresa equilibrada e a sua vida mais tranquila. Você não precisa ficar inseguro ao fazer negócios e perder noites de sono pensando em como resolver seus problemas financeiros. Crie o hábito de fazer consultas cadastrais para saber com antecedência com quem você está lidando.

3. Aumento da inadimplência

Uma pessoa inadimplente é alguém que não honrou um compromisso financeiro na data que foi previamente combinada. E acredite: esse é um mal sofrido por diversas pessoas ao redor do mundo e que cresce a cada novo ano. Ao consultar o CPF ou o CNPJ no site do Serasa, você pode diminuir consideravelmente a chance de sofrer com a inadimplência futura.

Além do mais, identificar clientes com um histórico de pagamento em dia pode facilitar bastante a manutenção das suas contas, como já falamos. E uma simples consulta pode revelar se a empresa com quem você está negociando tem cheques sem fundos e dívidas vencidas, por exemplo. Fazer consulta de CPF e CNPJ

consulta serasa

consulta serasa

4. Evitar golpes

Nesse período crítico que nossa economia vive, aumenta ainda mais a chance de você ser vítima de algum golpe. Pessoas sem ética acabam optando por criar empresas fantasmas e negociam descaradamente, fazendo com que muitas pessoas caiam em grandes golpes! E ninguém deseja ficar com um prejuízo, não é?

Induzir pessoas a erro para obter vantagem é crime de estelionato, e no comércio isso é muito comum.

Uma das maneiras de se prevenir desse crime é consultar o CPF e CNPJ de seus clientes. Alguém com histórico de contas sem pagar, principalmente se for recente, tem mais chances de fazer isso de propósito, para levar vantagens sem pagar.

Para evitar esse tipo de dor de cabeça, você já sabe o que deve fazer: faça uma simples consulta de CPF e de CNPJ. É simples, rápido e pode fazer com que você se livre de grandes momentos de estresse. Poupe-se desse tipo de desgaste! Vá pelo caminho mais simples e feche negócios com confiança e conhecimento de causa!

E, se quiser saber tudo sobre consultas cadastrais e creditícias, clique aqui para ler nosso artigo sobre o assunto. Fazer consulta de CPF e CNPJ

5. Você pode aproveitar para ganhar mais dinheiro e melhorar suas vendas

Além de todos os pontos positivos que você já viu até agora, existem mais maneiras de a sua empresa se beneficiar. Caso você encontre algum cliente que tenha o nome entre os maus pagadores e não entenda o motivo, você pode oferecer o serviço de consulta ao site do Serasa e ainda ganhar um dinheirinho extra. Nós já compartilhamos como fazer isso nessa postagem aqui.

Isso pode te trazer novos clientes e ser um serviço a mais que a sua empresa presta, como nós já dissemos também nesse post.

Uma outra maneira de ganhar mais dinheiro e melhorar suas vendas é ter a condição de proporcionar condições de pagamento mais adequadas ao caso de cada cliente.

Digamos que você consultou o CPF de um cliente e verificou algumas restrições. Porém, essas restrições são poucas e pequenas, ou são antigas. Que tal permitir que ele faça um negócio de forma parcelada? Talvez ele não tenha condições de realizar o pagamento à vista, mas não te dará prejuízos se você der a ele a flexibilidade de pagar em parcelas.

De qualquer forma, cada caso é um caso, mas você só poderá analisar cada caso com segurança se tiver informações. Você pode conseguir essas informações fazendo consulta de CPF e CNPJ. Fazer consulta de CPF e CNPJ

6. Você também pode usar essa ferramenta para fidelizar clientes!

Quem disse que você deve se focar só nos maus pagadores? Saber quem são os bons pagadores também pode ter suas vantagens! Você pode aproveitar para criar um cadastro positivo de clientes. Isso te ajudará a criar estratégias para fidelizá-los, estreitar o relacionamento da sua empresa com eles, e isso levará a mais vendas, além de fazer seu cliente se sentir especial e estimulado a fazer negócios com você mais vezes.

Valorize os clientes que pagam em dia e respeitam a sua empresa.

Aproveite que você possui uma fonte de dados sobre quem são eles, crie maneiras de premiá-los ou agradá-los. Você não precisa dizer que está fazendo isso porque sabe que eles são bom pagadores, mas seja criativo na forma de expressar a sua gratidão pela forma honesta e correta como eles agem com sua empresa. Surpreenda! A inovação gera lucros.

Hoje em dia não dá pra contar com a sorte. Como você viu, a consulta cadastral pode te livrar de muitos problemas. Se ainda resta alguma dúvida de que fazer consulta de CPF e CNPJ é ótimo para a sua empresa, leia outro artigo nosso sobre esse assunto! Fazer consulta de CPF e CNPJ

consulta spc

como fazer consulta spc e serasa

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Melhorar minha loja – Conheça 5 Dicas para melhorar sua Loja

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Melhorar minha loja – Conheça 5 Dicas para melhorar sua Loja

Melhorar minha loja – O atual momento econômico brasileiro tem prejudicado bastante os lojistas, que enfrentam continuamente grandes variações na demanda por produtos e uma forte redução no número de clientes.

Além disso, a concorrência cresce cada vez mais, exigindo que os empreendedores se dediquem ao máximo para fazer com que suas lojas continuem lucrativas. Para vencer esse cenário, os lojistas precisam inovar, aperfeiçoar seus negócios, buscar sempre atender os clientes com prontidão e tentar suprir todas as suas expectativas.

Você está em busca de novas estratégias para melhorar a loja e ter bons resultados? Então, este post é para você! A seguir, conheça 5 dicas para manter seu negócio à frente dos concorrentes e garantir os lucros. Continue a leitura e mãos à obra!

Melhorar minha loja 1. Contrate vendedores experientes

Não deixe de contratar vendedores experientes e que saibam lidar com os clientes. Tenha sempre em mente que o fator mais importante para uma loja não são os lucros, mas os clientes, pois são eles a fonte de todo o faturamento.

Por isso, é fundamental que a loja possua um time de vendedores que saiba entender e lidar com os clientes. Portanto, não deixe de contratar vendedores experientes e capazes de satisfazer os consumidores e alavancar as vendas.

Como Melhorar minha loja  2. Tenha um atendimento de qualidade

Além de contratar bons vendedores, também é necessário garantir que todos que tenham contato com os clientes saibam como se portar e atendê-los devidamente. Quem entra em uma loja espera ser bem recebido e ter suas perguntas respondidas.

Um atendimento de qualidade pode ser o fator decisivo para que os consumidores fechem negócio ou decidam conhecer melhor seus produtos. Por isso, é fundamental que eles sejam sempre bem atendidos e recepcionados pelos funcionários.

Caso o cliente não goste do seu atendimento, ele dificilmente retornará a sua loja e, provavelmente, comprará na concorrência. Portanto, sempre valorize o atendimento de qualidade.

Como Melhorar minha loja 3. Crie um ambiente agradável para os clientes

consulta spc

consulta spc

Além de proporcionar um atendimento de alto nível, dedique-se para criar um ambiente agradável para os clientes. Ao contrário do que muitos pensam, isso não é uma tarefa difícil!

Procure manter a loja sempre organizada e limpa e tenha sempre à mão água ou café para oferecer às pessoas. Além disso, seus produtos devem ser organizados de maneira que os clientes tenham fácil acesso a eles. Tudo isso garante uma ambiente agradável e propício para que os clientes comprem e até mesmo se tornem consumidores fiéis.

Como Melhorar minha loja 4. Esteja presente nas redes sociais

Para melhorar a loja e garantir que suas vendas aumentem, não deixe de estar presente nas redes sociais. Elas são os melhores canais para manter contato com os clientes, além de serem uma excelente forma de divulgar a loja e apresentar seus produtos ao público.

Para aproveitar os benefícios das redes sociais, descubra onde seus clientes estão e marque presença por lá. Além de interagir com os seguidores através das mensagens e comentários, busque sempre trazer conteúdo relevante e que incentive o engajamento (compartilhamentos, curtidas e comentários).

Melhorar minha loja 5. Ofereça produtos e serviços a atraem novos clientes

Atualmente, a principal forma que as pessoas utilizam para se comunicar são os aplicativos de mensagens via internet e as redes sociais. Com isso, o consumo de dados por pessoa tem sido maior a cada dia e o celular fica ligado o tempo todo.

Como resultado, a procura por recarga de celulares tem sido muito grande. Afinal, ninguém quer ficar “incomunicável” no meio do dia. Não deixe de se aproveitar disso! É essencial que sua loja ofereça recarga de celular. Isso chama a atenção das pessoas e aumenta as visitas em seu estabelecimento.

Viu só? Com nossas dicas, você conseguirá melhorar a loja e aprimorar seu sucesso! Agora que você já viu como a recarga de celular pode ajudar seu negócio, não deixe de entrar em contato com a gente para aumentar ainda mais a sua gama de produtos!

Atraia novos clientes

Atraia novos clientes

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Curiosidade e dicas para lojistas, varejistas, autônomos. Tudo sobre maquinas de recargas de celular, maquinas de cartão de credito, consultas serasa e consultas spc.