Como é feita a venda de recarga- Do cartão de raspagem à recarga on-line:


venda de recarga
Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
 

Como é feita a venda de recarga: Do cartão de raspagem à recarga on-line:

Oferecer recarga de celular é uma ótima forma de atrair um maior fluxo de pessoas para seu ponto de venda, conseguindo, dessa forma, mais clientes. Assim como foi com os celulares, o processo de venda de recarga também foi se desenvolvendo e incorporando novas tecnologias, a fim de aumentar sua eficiência. Mas com tantas opções no mercado, como decidir qual a melhor forma de recarga? Para ajudá-lo nessa escolha, vamos, hoje, analisar cada uma das maneiras de oferta desse serviço, desde a utilização de cartões de recarga até por meio da recarga on-line. Então não deixe de conferir agora mesmo nossa comparação para fazer a melhor escolha para o seu negócio:

Cartão de recarga para venda de recarga

Há muito pouco tempo, a venda de recarga era feita apenas por meio desses cartões, que continuam existindo até hoje. Nesse processo, o cliente compra o cartão de recarga, raspa seu verso para descobrir o código e o envia para a operadora de telefonia, obtendo, assim, os créditos. Esse foi a primeira maneira como é feita a venda de recarga no brasil. 

No entanto, o cartão de recarga pode ser, em vários casos, bastante problemático para o cliente. Algumas vezes, por exemplo, o código da recarga acaba sendo danificado durante a própria raspagem do cartão, deixando o número incompleto ou até completamente apagado. Se isso acontecer, para recuperar seus créditos, o usuário tem que ligar para a operadora para tentar recuperar o código, muitas das vezes, sem sucesso.

Máquina de cartão de crédito usado na venda de recarga

O tempo foi passando e a recarga chegou até as populares maquininhas de cartão de crédito, método que ainda é muito utilizado em alguns estabelecimentos. Entretanto, até que a empresa consiga implementar uma dessas máquinas em sua loja, deve passar por um longo processo de avaliação, que envolve muita burocracia. Vamos dar uma olhadinha nesse processo?

Exigências

Para contratar uma máquina de cartão, as concessionárias de crédito podem requisitar algumas exigências, como: possuir uma conta corrente em um banco parceiro — conta poupança não serve —, atuar em um negócio que aceite cartões de crédito e débito com vendas a prestação e ter uma linha telefônica fixa ativa para a instalação do terminal.

Tarifas

Além disso, são cobradas algumas tarifas, que variam de acordo com o ramo de atuação da empresa, o volume de vendas e os termos do contrato. As principais taxas incluem uma taxa de adesão, outra de aluguel da máquina e outra de desconto sobre as transações efetuadas por meio da máquina.

Apesar de as máquinas serem mais eficientes do que os cartões de recarga, esse método também apresenta algumas desvantagens para a empresa. Ao utilizar as máquinas, o empreendedor precisa armazenar os comprovantes, dificultando seu controle. Além disso, essas máquinas podem ficar sem sinal em alguns momentos do dia, dificultando — e até impossibilitando — a venda de crédito para os clientes.

consulta serasa e spc

Consulta spc e serasa

Recarga on-line- a venda de recarga mais moderna . 

Hoje em dia já existe uma forma mais simples e rápida de vender recarga, sem nenhum custo de cadastro ou mensalidade: a recarga on-line! Nesse método de venda, o processo de cadastro, de compra e venda de créditos é feito completamente pela internet, por meio de um computador ou smartphone. Funciona assim: você se cadastra no site, adiciona saldo à sua conta e já pode oferecer recarga para seus clientes. Fácil assim!

A grande vantagem da venda de recarga on-line é que esse serviço não tem qualquer custo para a empresa, pagamento de valor mínimo, estabelecimento de metas ou cobrança de aluguel. Muito pelo contrário, ainda se recebe uma porcentagem sobre o valor de cada recarga vendida. Assim, você atrai mais clientes e ainda lucra pela venda das recargas!

Agora que você já entendeu quais são os prós e os contras de cada maneira de vender recarga, comente aqui e nos conte: qual dessas alternativas mais chamou sua atenção e pareceu mais vantajosa para sua empresa? Compartilhe seus impressões conosco!

maquina recarga de celular

maquina de recarga de celular

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Existem 1 Comentário On This Article.

Deixe uma resposta