Gestão de varejo: 5 erros para não cometer em sua loja

0

Gestão de varejo: 5 erros para não cometer em sua loja

Venda de recarga de celular

Gestão de varejo: 5 erros para não cometer em sua loja -É imprescindível zelar pela saúde financeira de sua loja de varejo. Principalmente após o momento de crise no mercado que o Brasil passou e que ainda sente fortemente seus efeitos, é necessário prevenir possíveis prejuízos que poderiam gerar até mesmo a falência precoce do seu negócio.

Por isso é importante não cometer erros na gestão de varejo e, pensando nisso, listamos neste post os 5 erros comuns para minimizar futuros problemas e garantir o sucesso do seu negócio.

Confira!

consulta serasa

consulta serasa

1. Não priorizar o bom atendimento ao cliente

Sua loja pode oferecer os melhores produtos e serviços, ter um grande diferencial na sua região, porém, se não houver um bom atendimento ao cliente, com certeza não conseguirá atingir a sua meta de vendas.

Um cliente que se sente preterido, ofendido ou que sinta desconforto ao permanecer na loja com certeza não voltará e, principalmente, não irá recomendar seu negócio para outros amigos.

Além disso, as redes sociais potencializam possíveis reclamações e situações mais extremas. Muitas vezes, um relato compartilhado torna-se um boicote pesado à sua loja e, consequentemente, um grande prejuízo até que a situação de crise se resolva. Em alguns casos, esse tipo de ação leva até mesmo ao fechamento do negócio.

2. Realizar uma divulgação fraca

A divulgação é imprescindível para que se possa levar ao conhecimento do público-alvo os produtos oferecidos pela sua loja. Sem isso você pode perder vendas por mero desconhecimento sobre o que o seu varejo tinha à disposição.

É importante não só o investimento em marketing, mas também a busca por estratégias que sejam eficientes para que possa de fato conquistar o maior alcance possível dentro do target do negócio, promovendo sua loja de forma a alcançar o sucesso.

3. Estabelecer metas impossíveis no planejamento de negócio

Um erro comum ao fazer o planejamento da sua loja, seja para o semestre ou para o ano, é o estabelecimento de metas irreais.

Isso porque, dessa forma, você não buscará de fato as ferramentas que tornarão possível alcançar esse objetivo e não conseguirá também mensurar adequadamente onde esteve o erro que impediu essa meta.

Por tanto, é importante sempre pensar friamente, escolhendo objetivos e metas que são possíveis de fato de conseguir dentro do prazo estabelecido.

Por exemplo, ao invés de definir que deseja se tornar a loja líder em vendas no segmento em seis meses, que tal pensar em um aumento de porcentagem de aquisições?

Assim você poderá fazer um acompanhamento mais próximo e mais maduro, a fim de estabelecer estratégias importantes que levem ao cumprimento do que foi estabelecido.

4. Não realizar o controle adequado de estoque

Outro erro comum é não se atentar ao controle adequado do estoque. Com isso pode-se, por exemplo, perder vendas que seriam certas devido à ausência de determinado produto em sua loja.

O cliente, dependendo da demanda, irá procurar o item em outro local, fazendo com que você perca a oportunidade de efetuar uma conversão.

Também acontece de cometer o erro oposto: não ter um bom giro de estoque devido a alguns produtos ficarem encalhados e, com isso, a necessidade de diminuir consideravelmente o preço para que eles possam ser vendidos, diminuindo a margem de lucro.

recarga

recarga

5. Evitar a consulta ao eSPC ao realizar negócios

Se você oferece linhas de crédito (como crediários e pagamentos parcelados) é importante verificar se o seu cliente possui algum tipo de problema com inadimplência, principalmente o popular “nome sujo”.

Ao evitar a análise de crédito pode-se colocar em risco a saúde financeira do negócio através de possíveis calotes e atrasos. Ao conceder crédito a uma pessoa inadimplente, permitindo o pagamento no crediário, por exemplo, há uma grande chance de a mesma conduta ocorrer em seu negócio e você ficar sem o seu dinheiro.

Se não sabe quais são os casos nos quais você deve fazer a consulta ao eSPC, leia nosso post sobre o assunto e tire suas dúvidas sobre o assunto! Evite esse que é um dos erros na gestão de varejo mais comuns.

Compartilhar.

Deixe o seu comentário