Como garantir o pagamento e reduzir a inadimplência na sua empresa?

0

Como garantir o pagamento e reduzir a inadimplência na sua empresa?

Venda de recarga de celular

Reduzir a inadimplência – Por estimativa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 59,4 milhões de consumidores brasileiros se encontram com o CPF negativado.

Nas pequenas e médias empresas, os números são alarmantes: a cada dez empresas, uma pertence a índices de inadimplência acima de 10%, considerados aqui os pagamentos com atraso superior a 90 dias.

consulta cpf spc

Consulta CPF spc

 

As razões para que um cliente não arque com suas dívidas são muitas — e vão da instabilidade financeira ao esquecimento da data de pagamento. Seja qual for a razão para o débito do seu consumidor, as nossas dicas ajudarão a reduzir a inadimplência na sua empresa! Acompanhe!

Mantenha o histórico do cliente

O controle do histórico dos compradores pode ser feito de maneira analógica ou digital. Com o uso de softwares, é possível ter um mapa mais detalhado e o armazenamento de dados mais seguro acerca do hábito de consumo dos clientes.

Ter em mão essas informações permite distinguir entre quem quita as contas em dia e aqueles que são maus pagadores. Assim, fica mais fácil direcionar ações para corrigir os índices de dívidas acumuladas e analisar quais deles são válidos para serem mantidos na carteira de clientes.

Valorize os pagadores responsáveis

A antiga expressão “separar o joio do trigo” cabe bem quando o assunto é reduzir a inadimplência na empresa. Quando a organização mantém o histórico do cliente e faz a separação entre aqueles que tendem à inadimplência e aqueles que pagam com assiduidade, pode aplicar estratégias para valorizar os bons pagadores.

A empresa pode estimular os pagamentos antecipados com descontos ou alternativas mais maleáveis de cobrança. Quando um cliente tem um problema real e de fato não consegue quitar a dívida, também é válido oferecer opções.

Ofereça múltiplas opções de pagamento

Para evitar que os clientes deixem algum pagamento de lado, a sua empresa pode ofertar possibilidades de negociação. Cartão de crédito, boleto bancário, débito e dinheiro à vista são algumas das opções que a companhia pode oferecer aos compradores para que eles quitem as dívidas.

Venda apenas com nota fiscal

Não emitir a nota é crime, mas, para além de a prática ser irregular, há um segundo problema: sem o comprovante fiscal, o empreendedor não possui amparo legal para lidar com seus clientes inadimplentes.

Faça uma boa análise de crédito

Para reduzir a inadimplência, é preciso tomar cuidado antes mesmo de fechar negócio com o consumidor. No momento da negociação, a equipe deve estar apta a realizar uma análise de crédito detalhada.

Com o histórico do cliente em mãos, especialmente analisando seu histórico no SPC e Serasa, pode-se evitar vendas arriscadas — que têm grande probabilidade de descambar para a inadimplência do consumidor.

consulta spc

consulta spc

Emita lembretes de cobrança

O óbvio, às vezes, nos parece improvável, mas muitos clientes deixam de pagar por simplesmente se esquecerem da data-limite. Emitir lembretes sobre o pagamento pode ser a solução para evitar a inadimplência.

Um SMS ou e-mail para o cliente é suficiente para lembrá-lo do dia do pagamento. Nessas mensagens, é importante usar um tom amistoso e dar as informações do pagamento ao consumidor — como o valor e a data.

Agora, que você tem as melhores dicas para reduzir a inadimplência na sua empresa, é hora de contar com uma parceira que facilite esse processo aliando conhecimento e tecnologia. Entre em contato com a iRecarga, especializada em avaliação de riscos e de saúde financeira empresarial!

recarga celular

recarga celular

Compartilhar.

Deixe o seu comentário