Revender chip Vivo: quais tipos devo ter em minha loja?


revender chip vivo
Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
 

 

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou recentemente os dados de acesso associados à telefonia móvel até janeiro de 2015. E os resultados só comprovam a suspeita: é um mercado em contínuo crescimento e de grande potencial de investimento. Por isso, avaliando minuciosamente o potencial consumidor desse segmento, optar por comercializar e trabalhar com produtos e serviços voltados para aparelhos celulares é uma excelente oportunidade de negócio. Quer saber mais sobre esse nicho super promissor? Então acompanhe:

Comprovação por números

Segundo as informações publicadas pela Anatel, 2015 começa com 281,7 milhões de celulares em operação, o que significa 138,34 aparelhos para cada 100 habitantes. Esses números apresentam um crescimento de 3,43% em relação ao mesmo período de 2014, quando o país contava com 272,3 milhões de aparelhos celulares ativos. Os números realmente são surpreendentes, não concorda?

Mas ainda tem mais: de todos esses celulares em operação, 75,75% são da modalidade pré-paga, o que resulta em impressionantes 213.400.724 aparelhos. Já os telefones na modalidade pós-pago representam 24,25 do total, apenas 68.304.786 celulares. E esse mercado está divido entre quatro principais operadoras — Vivo, Tim, Claro e Oi —, que, juntas, detêm 278.537.538 usuários, um domínio de 98,87% do mercado de telefonia móvel. Que tal então descobrir por que a Vivo é a mais vantajosa?

Poder da abrangência

Das operadoras que dominam o mercado de aparelhos celulares, a Vivo é a que possui maior alcance, com um universo de 80.708.448 aparelhos em operação, uma representatividade de 28,65% dos usuários de telefonia móvel em geral. Tal popularidade está associada à diversidade de produtos e serviços oferecidos a seus clientes, além, claro, dos diversos pontos de revendas espalhados pelo país afora.

Entre os serviços oferecidos está a variedade de locais em que se pode recarregar os créditos da operadora. É possível comprar créditos por meio do site da empresa, de agências bancárias, pelo próprio celular e até pelo Facebook! Os pontos de venda são outra opção, podendo ser encontrados nos mais diferentes setores comerciais, desde drogarias e bancas de jornais, passando por bares, padarias e lanchonetes, chegando a casas lotéricas, agências dos Correios, supermercados e outros centros de varejo.

Diversidade de serviços

As revendas Vivo são formadas por uma rede de empresas de pequeno e médio porte que comercializam os produtos e serviços disponibilizados pela operadora. A relação entre a telefonia e os pontos de venda acontece por meio de distribuidores, uma vez que a Vivo tem como política repassar seus produtos para centros de distribuição que, então, ficam responsáveis por negociar e abastecer os pontos de venda.

Além da diversificação e abrangência dos pontos de revenda, a Vivo também oferece um grande número de promoções para atrair clientes. Os preços e descontos são oferecidos tanto para as pessoas que optam por um plano pós-pago como para aqueles que preferem contar com um aparelho no modo pré-pago. Nos pós-pagos, o cliente paga um valor mensal em troca de um determinado pacote de serviços, que pode envolver mensagens de voz, dados, velocidade de conexão com a internet e a utilização desses produtos em diversos eletrônicos. Essas opções podem ser combinadas de acordo com o interesse do consumidor. Para os pré-pagos também são ofertados diferentes serviços, como a troca do celular antigo como parte do pagamento por um novo, o pagamento de um valor semanal para usar internet, mandar SMS ou fazer ligações, ou, ainda, a opção pelas recargas mínimas, tendo SMS ilimitado, acesso à internet e bônus para ligações.

Diferenciação de chips

Não são apenas os serviços da Vivo que focam nessa diferenciação, mas também os tipos de chips oferecidos às revendedoras para comercialização. Atualmente, a operadora trabalha com dois modelos distintos, mas que atendem totalmente às necessidades de seus usuários, pois são compatíveis com a maioria dos modelos de celular disponíveis no mercado. Assim, ao decidir revender chip Vivo na sua loja, é importante conhecer as diferenças entre cada um dos modelos.

O Mini-SIM é o chip mais usado, pois se adapta tanto a modelos de celulares antigos como aos mais novos, atendendo, dessa forma, à necessidade dos que optam pelos aparelhos mais básicos e dos que não vivem sem um smartphone de última geração. Por sua abrangência, esse modelo se torna indispensável para qualquer revendedor.

Já o Micro-SIM apresenta uma mudança em relação ao modelo anterior: tem seu tamanho reduzido. Esse chip é bastante usado em smartphones, mas pouco encontrado em celulares básicos. Isso acontece porque esse modelo só foi lançado em 2010, quando os smartphones começaram a ganhar espaço. A venda desse chip permite, assim, atender os aficionados por tecnologias de última geração.

Essa gama de produtos com preços e condições variadas tem sido importante para que a Vivo atraia novos clientes, inclusive aqueles que não estavam lá muito satisfeitos com os serviços da concorrência, consolidando sua posição privilegiada no mercado brasileiro de telefonia móvel. Viu só como não tem como não oferecer esse produto em seu estabelecimento? Notou quantos clientes você perde ao não contar com essa facilidade? Então o que ainda está esperando?

Ficou ainda alguma dúvida ou tem sugestões a dar? Comente aqui e as compartilhe conosco! Participe!

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Deixe uma resposta