Publicações Marcadas: "Consulta Serasa"

Consulta SPC e Serasa: como limpar o seu nome?

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Consulta SPC e Serasa: como limpar o seu nome?

A crise econômica vivida pelos brasileiros não parece ter data para acabar. Com a renda diminuindo e os preços aumentando, é comum que várias pessoas não consigam honrar seus compromissos. Assim, os cadastros dos serviços de proteção ao crédito estão ganhando cada vez mais nomes. Dessa forma, os serviços de Consulta SPC e Consulta Serasa se tornam muito importantes, não só para os comerciantes, mas também para os consumidores.

Mas por quê? Os serviços de consulta são importantes para garantir a segurança necessária aos comerciantes (caso queira realizar consultas spc e serasa na sua loja, saiba como ). Mas são também imprescindíveis aos consumidores, já que o primeiro passo para resolver as pendências cadastrais é justamente conhecer quais são suas restrições.

Então, confira como limpar seu nome e recuperar seu crédito.

Impactos de ter o nome sujo

Muitas pessoas não sabem exatamente como ter restrições financeiras no nome pode prejudicar a vida, mas é importante ter essa consciência. Ter o nome sujo na praça pode impedir o acesso a financiamentos imobiliários ou de outras naturezas, pode restringir acesso a benefícios do governo, pode dificultar tomar posse em alguns concursos públicos e algumas instituições estão estudando a possibilidade de adotar a restrição financeira como forma de impedir que a pessoa consiga uma vaga de emprego até mesmo na área privada.

Além desses impedimentos, o maior deles, sem dúvida, é ficar sem crédito no mercado e não poder realizar outras compras e aquisições.

Planejamento da dívida

Antes de qualquer coisa, é preciso entender a sua dívida para definir qual a melhor estratégia para quitá-la. O primeiro passo, como já dissemos, é realizar uma consulta ao SPC e ao Serasa para saber exatamente quais são os débitos e de que natureza eles são.

É preciso entender quais são as maiores dívidas e a que taxas de juros são submetidas. Assim, você pode planejar melhor os pagamentos. Cheque especial e cartões de crédito, por exemplo, possuem juros altíssimos e devem ser pagos o mais rápido possível, preferencialmente de forma integral.

Acordos podem ser vantajosos

Assim como você tem interesse em limpar seu nome, as empresas credoras também têm interesse em receber o que você deve. Mesmo que em condições diferentes das originais.

Então, é possível que você receba uma oferta de acordo para a sua dívida. Estude bem a proposta. O ideal é sempre pagar a dívida de forma integral, mas um parcelamento que não comprometa o seu orçamento pode ser extremamente benéfico.

Na maioria dos casos, ao pagar a primeira parcela do acordo, o seu nome é limpo. Só não pode haver quebra do acordo, senão você volta aos cadastros de proteção ao crédito.

Crédito consignado

Caso você seja funcionário público ou pensionista, uma alternativa para quitar as dívidas é o crédito consignado. Como o pagamento é descontado diretamente na folha de pagamento, os bancos cobram juros bem menores nesse tipo de empréstimo.

Então, basta conferir no seu planejamento se é vantajoso fazer um empréstimo consignado para pagar integralmente todas as outras dívidas. É provável que você consiga um desconto pelo pagamento à vista, e, como os juros do consignado são menores, você vai sair ganhando.

Redução de gastos

Para organizar suas dívidas e limpar seu nome, é primordial organizar também os seus gastos. É preciso eliminar despesas desnecessárias ou diminuir algumas que possam ser reduzidas. Assim, sobra mais dinheiro para quitar as dívidas.

Existem vários bons exemplos de redução de gastos. A TV a cabo, por exemplo. Você pode cancelar ou diminuir seu pacote. Em vez de almoçar em restaurantes todos os dias, leve o almoço de casa e economize. Troque as lâmpadas convencionais pelas de led, que são um pouco mais caras, mas podem durar até dez vezes mais. O importante é economizar um pouco ali, um pouco aqui. Dessa forma, fica mais fácil limpar seu nome.

Enfim, para garantir que suas finanças não saiam do controle, é importante gastar com sabedoria. E o principal: sempre planeje o seu orçamento. É crucial não comprar nada por impulso.

Criação de uma cultura de economia

Além de reduzir gastos, é necessário criar uma cultura de economia que deve ser seguida por toda a família. Mostrar aos filhos o que realmente deve ser valorizado, ensinar às crianças a importância de economizar, ter o hábito de reduzir o desperdício, mostrar aos filhos que o que for poupado hoje retornará em forma de benefícios amanhã.

Dar a devida importância ao tempo para essas questões é primordial para criar a cultura de economia em toda a família e fazer com que a redução de gastos seja natural dentro de casa.

Alternativas para gerar renda

Fazer economia é essencial, mas também é importante pensar em novas formas de gerar renda. Se você tem um sítio que produz alguns alimentos orgânicos, por que não comercializar alguns deles para seus vizinhos? Tem roupas e acessórios encalhados no guarda-roupas? Faça a economia girar oferecendo esses itens em sites especializados na internet ou organize um bazar com amigos.

Se você sempre teve talento para doces, que tal transformar isso em uma forma de renda e começar a vendar seus doces no trabalho? É muito importante manter o nome sem restrições, mas, igualmente, é muito importante criar novas formas de ganhar dinheiro.

Controle para não reincidir no erro

Se você conseguiu limpar o seu nome, é muito importante que você crie uma rotina disciplinada para não reincidir no erro. Depois de ter restrições no nome e passar longo tempo sem ter crédito, quando voltam a ter essa possibilidade, algumas pessoas se empolgam e começar a gastar compulsivamente.

É muito importante estar atento a este fator e adotar um planejamento financeiro rigoroso para não sujar o nome novamente. Tenha uma vida financeira racional, não compre sem precisar e pense sobre cada aquisição que você precisará fazer. A melhor forma de gastar é gastar bem e garantir o crédito por muito tempo.

Se você souber exatamente quando, quanto e como pode gastar, seu nome ficará sempre limpo. Mas, caso você fizer uma consulta SPC ou Serasa e encontrar restrições no seu nome, não se desespere. Tem sempre um jeito.

Entendeu como limpar seu nome? Talvez, você possa oferecer consultas na sua própria loja. Leia mais aqui: por que oferecer consultas cadastrais em sua loja.

 

Como fazer consulta no SPC

Consulta SPC brasil

 

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Serasa e SPC são a mesma coisa?

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Quase sempre que um cliente novo realiza uma compra mais volumosa ou quer parcelar a aquisição de mercadorias em um estabelecimento comercial, o gerente ou o vendedor faz sua verificação de crédito em bancos de dados específicos, a fim de proporcionar mais segurança ao empreendimento. O mesmo recurso é utilizado por instituições financeiras na hora da liberação de empréstimos para correntistas e clientes, por exemplo.

No Brasil, as empresas mais consultadas são a Serasa Experian e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Muita gente inclusive acha que Serasa e SPC são praticamente a mesma coisa. Mas será que são mesmo? Também fica curioso para saber o que existe de diferente entre os dois? Então veja agora mesmo o significado de cada uma dessas organizações e entenda por que elas possuem informações importantes para os comerciantes em geral:

O que é a Serasa Experian?

A Serasa é, atualmente, uma sociedade anônima vinculada ao Grupo Experian, que tem sede na Irlanda e faz a gestão de informações de crédito em pelo menos 44 países ao redor do mundo. A empresa foi criada em 1968 por meio de uma parceria entre a Associação de Bancos do Estado de São Paulo (Assobesp) e a Federação Brasileira das Associações de Bancos (Febraban). As negativações do seu banco de dados têm base nas contribuições feitas por entidades financeiras diversas, que informam quando os clientes deixam de cumprir suas obrigações financeiras nos bancos e nas instituições afins.

O que é o SPC?

O SPC também consiste em um banco privado de informações creditícias relativas a pessoas físicas e jurídicas, auxiliando o comerciante ou o agente financeiro a decidir sobre se vai ou não prover crédito ao respectivo cliente que o solicita. Baseia-se, de modo geral, em comunicações relacionadas à adimplência ou ao descumprimento das obrigações financeiras das pessoas no mercado, mas que não são provenientes necessariamente dos bancos, e, sim, do comércio.

O que há de diferente entre Serasa e SPC?

Tanto o SPC como a Serasa têm o objetivo de informar se o cliente está com o nome sujo na praça ou, ao contrário, mostrar se a situação é favorável para a concretização de um negócio ou o fornecimento de crédito. A procedência de cada empresa já indica a principal diferença entre ambas.

O SPC pertence à Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, e, por isso, seu banco de dados é alimentado por várias associações comerciais e câmaras de dirigentes lojistas (CDL) espalhadas pelo país. Essas associações e câmaras trocam informações entre si sobre crediários, cheques sem fundo ou devolvidos, compras a prazo, entre outros, a fim de verificar os consumidores que têm histórico de dívidas no comércio, de modo que as informações contidas em seu banco de dados se origina da situação de bons pagadores ou devedores dos bancos e outras instituições financeiras. Foi só em 2007 que o grupo irlandês Experian adquiriu esse banco de dados, que se desenvolveu ainda mais e tem dado suporte a mais de 2,5 milhões operações financeiras por dia.

Não é incomum que, apesar das procedências diversas, quando uma pessoa é negativada em um desses bancos de dados a notificação prossiga para o cadastro da outra empresa. Tal fator garante ainda mais proteção ao crédito em geral. Por isso é simplesmente imprescindível fazer a consulta a esses bancos de dados antes de efetuar qualquer transação, visando sempre resguardar a empresa contra inadimplências que comprometem suas atividades.

Viu só como ter o nome positivado nesses cadastros beneficia os clientes, porque agiliza o acesso ao crédito e diminui os custos e juros envolvidos? Você está ou já teve seu nome negativado no Serasa e SPC? Comente aqui e compartilhe suas experiências conosco!

 

faça consulta serasa

Consulta serasa

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Como fazer uma consulta Serasa do cliente antes da venda

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A inadimplência, por inevitavelmente resultar em prejuízos, é um dos principais problemas da grande maioria dos lojistas, não é verdade? Por essas e outras, é preciso evitar ao máximo cair nessa armadilha! Nesse cenário e com essa intenção, o recomendável é sempre, antes das vendas a prazo, fazer uma rápida consulta Serasa, verificando se o cliente tem ou não alguma restrição de crédito.

O procedimento para fazer a consulta na Serasa Experian, empresa focada na proteção do crédito, é bastante simples e rápido. Bastam alguns minutinhos para você, lojista, conseguir evitar um grande prejuízo! Por que não lançar mão desse recurso, certo? O ideal é fazer suas consultas através de sites parceiros , entre eles o iRecarga.  Então acompanhe agora mesmo nosso passo a passo e se proteja desde já:

Investimento

Por ser um serviço privado, a consulta Serasa só pode ser feita mediante um cadastro e o pagamento de créditos. Se você acha que isso é apenas mais uma despesa sem fundamento, vale rever seus conceitos, porque esse é, na verdade, um dos melhores investimentos que seu estabelecimento pode fazer, já que, dessa maneira, o lojista evita perder seu valioso dinheirinho com a inadimplência.

Iniciação

Fazer uma consulta Serasa é bastante simples. existem diversos sites que oferecem o serviço de consultas Serasa para Lojistas , um deles é o iRecarga que alem de consultas Serasa disponibiliza na mesma conta a opção de venda de recargas . C. Aí é só recarregar seus créditos sempre que necessário, de acordo com as necessidades do seu negócio.

Cadastro

Após esses procedimentos iniciais já é possível preencher o cadastro da sua loja. Nessa fase você precisará fornecer algumas informações sobre seu negócio, como seu ramo de atuação, seu endereço e o CNPJ da empresa. Feito isso, você passará a ter um login e uma senha, que lhe darão acesso às consultas futuras.

Consulta

Para fazer a consulta propriamente dita, primeiramente você precisa entrar no sistema com seu login e sua senha. Aí, usando seus créditos, poderá consultar CPFs, CNPJs ou cheques.

Nos casos tanto do CPF como do CNPJ, basta digitar o número no campo específico e conferir as informações relativas ao crédito do consultado. Dependendo do seu plano e do tipo da consulta, outras informações poderão ser requisitadas. Depois disso, será possível verificar se o nome da pessoa ou da empresa consta em algum dos sistemas de proteção ao crédito. É possível verificar, também, o local da pendência e, em alguns casos, até mesmo os valores. Já para a consulta decheques, será preciso digitar o número da conta e da agência e do documento, além de selecionar a respectiva entidade bancária emissora.

Com todas essas poderosas ferramentas inteiramente a seu dispor, certamente será possível diminuir consideravelmente as chances de inadimplência e manter a saúde financeira de sua loja a longo prazo. Então o que ainda está esperando?

Agora comente aqui e nos conte se já conta com esse recurso em seu estabelecimento! Se sim, notou a diferença nos resultados? Se não, diga qual das vantagens proporcionadas pela consulta Serasa chamou mais sua atenção! Compartilhe suas impressões e experiências conosco e participe da conversa!

maquina recarga de celular

maquina de recarga de celular

 

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Curiosidade e dicas para lojistas, varejistas, autônomos. Tudo sobre maquinas de recargas de celular, maquinas de cartão de credito, consultas serasa e consultas spc.