Publicações Marcadas: "Vender chip"

5 vantagens de vender chips e recarga de celular no seu negócio

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

5 vantagens de vender chips e recarga de celular no seu negócio

Vender chips e recarga de celular – Mesmo que a rotina de um pequeno ou médio empresário seja intensa, tomar decisões que ajudem a aumentar a lucratividade deve ser uma tarefa diária. Oferecer novidades — como vender chips e recarga de celular no seu negócio, por exemplo — pode ser uma ótima oportunidade para aumentar os resultados. Afinal, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações, em torno de 70% das linhas de celular no Brasil são pré-pagas.

Existem diversos motivos pelos quais apostar em recarga e chips de celular é atraente. No post de hoje, mostraremos os 6 principais. Continue a leitura e confira quais são eles!

1. Boa margem de lucro

Já que mais da metade das pessoas que têm celular no país optam pelo sistema pré-pago, a procura pelos chips tente a ser alta . Existe algumas situações onde o chip é procurado , talvez as principais são:

1- Quando o cliente fica mais de 2 ou 3 meses sem fazer uma recarga em um numero, e o mesmo é bloqueado pela operadora . Nesse caso o cliente tem que comprar um novo chip .

2- Promoções das operadoras , elas estão sempre se reinventando , e muitas vezes o cliente quer comprar um chip para participar de novas promoções das

consulta spc

consulta spc

operadoras .    

Mas vamos ao que interessa , quanto custa e qual o preço de venda ? O valor de compra depende do Estado e se seu distribuidor faz a entrega física, ou envia para o vendedor via correios . Dependendo do Estado de destino , pode haver uma incidência maior ou não de imposto, consequentemente o preço do chip é afetado 🙁 .

Em media o custo do chip gira em torno de R$5 a R$6 reais para os vendedores , e o valor de venda no ponto de venda ( estabelecimento/loja) , gira em torno de R$10 a R$12 reais também dependendo da região .

2. Diversos estabelecimentos podem vender chips e recarga de celular

Farmácia, mercadinho, cabeleireiro, loja de conveniência e por aí vai. Não existe restrição para os negócios que desejam oferecer esse tipo de serviço, pois é necessário apenas um computador, tablet ou um celular conectado à internet. É tudo bem simples e livre de qualquer complicação.

3. Maiores chances de venda de outros produtos

Ao oferecer esse serviço, você passa a atrair mais pessoas e aumenta, consequentemente, as possibilidades de vendas de outros produtos que estão disponíveis em seu estabelecimento.

Quem entra em uma loja e compra apenas uma coisa? O consumidor sempre vai se lembrar de algo que está faltando. E os dados comprovam essa ideia: cerca de 80% das pessoas que fazem a recarga do celular compram outros produtos.

4. A loja se torna um ponto de referência

A notícia de que o estabelecimento oferece recarga e chips de celular vai passar de boca em boca e, aos poucos, o local vai virar uma referência importante para os moradores da região. E nada melhor do que as pessoas mencionando o seu negócio.

É importante que a sua loja fique conhecida como um lugar que vende todos os produtos de que os clientes precisam.

5. Despreocupação com logística e estoque e Prazo de Validade do estoque . 

Planejamento de logística e gestão de estoque são algumas das grandes preocupações de donos de negócio. No entanto, como a venda de chips e recarga de celular pode ser feita online, não há necessidade de espaço físico na loja nem de uma estrutura logística. Além disso, o serviço é simples e, portanto, exige pouco recurso humano.

chip de celular

chip de celular

Hoje os chips da VIVO , TIM , E CLARO , são chips que NÃO vem com um DDD ou NUMERO, associado a eles , isso faz com que o mesmo não tenha prazo de validade . O DDD e o NUMERO , o comprador escolhe diretamente com a operadora , no momento da ativação , quando ele coloca o chip no celular .

Hoje somente o chip OI , já vem com um DDD pré selecionado e tem um prazo de validade de 6 meses , até a data dessa publicação .

 

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Revender chip de celular: vale mesmo a pena?

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Revender chip de celular: vale mesmo a pena?

Logo de cara, aqui já vai um fato mais que comprovado: o número de celulares no Brasil cresceu vertiginosamente nos últimos anos. Enquanto em décadas passadas esse item era quase exclusivamente usado por pessoas de classes mais altas, hoje praticamente todo mundo possui seu próprio aparelho! Não só os equipamentos ficaram mais baratos, como os planos das operadoras também passaram a atender melhor as diferentes demandas e necessidades da população. Mas por mais que estejam de olho nesse mercado, muitos comerciantes ainda se perguntam se revender chip de celular em sua loja vale realmente a pena. Faz parte dessa turma? Então descubra agora mesmo as respostas para seus questionamentos:

O mercado é super promissor

Um dos fatores que se deve considerar em relação à revenda de chips de celular é que o mercado desse tipo de produto é altamente promissor. Os dados são simplesmente incríveis e, se hoje a procura já é enorme, você pode ter a mais absoluta certeza de que a tendência é aumentar ainda mais. A estrutura necessária para comercializar esses itens é bem simples, uma vez que eles podem ficar expostos em praticamente qualquer local. Ou seja: começar esse tipo de negócio só vai trazer boas perspectivas para você!

A procura é bem alta

Como as estatísticas dos aparelhos celulares no Brasil é enorme e não para de crescer, a procura pelos chips também progrediu, com os comerciantes vendendo muito em números absolutos. O legal desse artigo é que, com a nova dinâmica de promoções e a portabilidade das linhas, muita gente gosta de trocar de plano, de operadora e ou até usar mais de um chip em seu aparelho. Isso sem contar as linhas que são desativadas por falta de recarga, obrigando o usuário a comprar um chip novo porque não pode ficar incomunicável. São demandas que nunca deixarão de existir para esse mercado, ou seja, quem oferece o produto só vê aumentar o tráfego de consumidores em sua loja e não tem absolutamente nenhuma dificuldade para efetuar esse tipo de venda.

O produto oferece boa margem de lucro

A revenda de chips de celular proporciona uma boa margem de lucro para o vendedor. E como a procura é alta, o resultado final é bem satisfatório. O comerciante compra a unidade por um valor em torno de 6 reais e costuma revender por algo em torno de 10 reais, o que dá um lucro de 40%, índice bem considerável no mercado de vendas atualmente. A contabilização dessa margem relacionada ao número de chips vendidos por dia certamente resultará em uma boa parte do seu capital ao final do mês.

A oferta chama clientes para a loja

A partir do momento que você passa a oferecer o produto, diversas pessoas que normalmente passariam reto por sua loja entrarão atraídas pela compra do chip, uma vez que a procura por esse artigo é enorme. E isso, por si só, já fará com que vejam as outras mercadorias ou os demais serviços que você tem a oferecer, levando a possíveis aquisições extras. Mas não é só isso! Além de uma comprinha eventual, você estará colocando seu negócio no radar dessas pessoas, ou seja, muitas poderão virar clientes habituais e, dessa forma, trazer lucros para sua empresa por muito mais tempo!

Então agora que você já está convicto sobre as vantagens da revenda de chip de celular para sua loja, o que ainda está esperando para incluir esse item em seu catálogo de ofertas? Coloque à disposição de seus clientes o que eles realmente buscam e confira os resultados surpreendentes dessa ação!

Ficou ainda alguma dúvida? Comente aqui e compartilhe seus questionamentos conosco!

Compartilhe com os amigosShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Curiosidade e dicas para lojistas, varejistas, autônomos. Tudo sobre maquinas de recargas de celular, maquinas de cartão de credito, consultas serasa e consultas spc.